sábado, 29 de outubro de 2011

Geleia de Mocotó

Eita trem bão!
Esta comidinha me ajudou a crescer.
Forte, saudável, nutritiva!

Outro dia passeando
no supermercado e vi.
Ela ali na prateleira.

Simples em meio,
a apetitosos doces de chocolate,
Nutela, doce de leite, biscoito.

E quanta saudade senti,
"da aurora da minha vida,
da minha infância querida,
que os anos não trazem mais"...

Nem pensei.
Ignorei os outros,
e peguei minha geleia.
E com ela toda contente,
fui para casa matar a saudade!


6 comentários:

  1. Adorei a nostalgia... eu como até hoje!!!!
    Beijo imenso com sabor de infância.

    ResponderExcluir
  2. Hello!

    I went home to kill the nostalgia!!!!!!!!!



    BEAUTIFUL!

    ResponderExcluir
  3. Tenho pensado mesmo ultimamente sobre o forte apelo que tem sobre nós esse gosto de infância (acho que até também li algo), e como tantas lembranças surgem a partir da mais singela guloseima...
    (Às vezes apresento para os meus pequenos algumas novidades dessas, e como é rápida e fácil a adesão!)
    Acho que ser poeta é isto mesmo, tirar inspiração até de geleia de mocotó!
    Dá água na boca!

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, amiga sumida! Tem um tempinho que não venho aqui, mas também estou com dificuldades em postar por causa do computador.
    Assim como você tem saudades da geleia do tempo de infância, no que faz muito bem, pois é nutritiva, tenho saudades de você.
    Estou comemorando na minha postagem atual, você também faz parte dela, e muito, desde o início!
    Me abandona, rs, mas sempre volta, assim espero!
    Um beijo imenso no seu coração!

    ResponderExcluir
  5. hola Ana,
    Adorei a nostalgia tb.

    muito bom!!!!!!!

    bejos e boa noite em brasil.

    ResponderExcluir
  6. rs Muito bome bonito seu poema !!!O Te ACOMPANHEI TALMENTE . Pois eu sei o que é isso !!! é até engraçado eu comentar logo hoje na sua postagem , uma vez que eu também matei a saudade do meu CEREAL ( risos ) . No seu poema de informação eu fechei os olhos e enxerguei as imagens . Bonito né ? Saudade de ti poetisa . Obrigado pela sua arte e bem que você faz para todos seus leitores , de fato é uma honra !

    Boa semana , tenha um ano de muita paz espiritual.

    ficarei com esses lindos e eternos versos !

    E quanta saudade senti,
    "da aurora da minha vida,
    da minha infância querida,
    que os anos não trazem mais"...

    Maravilhosos !!!!

    ResponderExcluir